Top Ad unit 728 × 90

Tenham apreço por nossa liberdade!

Por favor tenham apreço pela nossa liberdade.

Por favor se informem de como foi difícil conquistar a liberdade de criticar os governantes.

Por favor pesquisem se durante a ditadura era possível criar um blog, para criticar o governo.

Por favor procurem casos onde as pessoas poderiam discutir sua ideologia política em praça pública durante a ditadura.

Por favor, por favor precisamos ter apreço pela nossa liberdade.

Por favor apreciem as críticas que são feitas contra o governo e enxerguem a beleza contida nisso.

Por favor apreciem as críticas que são feitas contra a oposição e enxerguem a beleza que também existe neste tipo de atitude.

Por favor não deixem que o ódio destrua o governo e os oposicionistas.

Por favor não permitam o ódio.

Por favor, por favor não permitam que o Jair Bolsonaro possa cercear nossa liberdade.

Por favor, por favor não permitam que o Silas Malafaia tenha relevância para se tornar um grande chefe de estado em nome de Deus.

Por favor, por favor não permitam que o Marco Feliciano implante sua metodologia de cura gay.

Por favor não criem espaço para nenhum ditador, homo fóbico, racista ou qualquer tipo de pessoa que tenha intenção de tirar nossa liberdade logre êxito!

Por favor, por favor precisamos ter apreço pela nossa liberdade de errar e de acertar!
Tenham apreço por nossa liberdade! Reviewed by Surfista Calhorda on 12:16 PM Rating: 5

21 comentários:

  1. PERFEITO! PARABÉNS!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre que estivermos navegando nos extremos do bem ou do mal, precisamos refletir para encontrar o equilíbrio.

      Excluir
  2. vão te xingar... se prepara!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O ódio com toda certeza não vai nos levar a um lugar melhor. Acabei de apagar um comentário cheio de ódio e xingamentos, mas já me arrependi, pois é esse tipo de atitude que valida meu pensamento.

      Excluir
    2. Anom, me preparei, coloquei a moderação nos comentários.
      Não gosto nenhum pouco dessa atitude, mas alguns anons ou um anom, não tem como saber quantos são, estão interessados apenas no caos e no ódio.

      Excluir
  3. fim da ditadura 1985
    inicio da internet anos 90
    ditatura tanto de esqueda ou direita sempre sera ruim mais como temos ainda otimas instituicoes seria muito dificil uma ditadura , o bom do bolsonaro e que esta se tornando mais liberal na economia que levaria a uma guinada a direita do nosso pais

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com toda certeza o Bolsonaro tem suas qualidades, mas seus defeitos são demais pra mim. Nunca votaria em alguém que defende intervenção militar, racista e homo fóbico. Mas em linha com o que disse no texto respeito muito sua liberdade de escolha e espero que ela seja preservada por muito tempo.

      Excluir
    2. Boas,

      Concordo com você Surfista! Nunca votaria nesse tipo de politico.

      Paga de bonzinho com um passado negro

      Excluir
    3. Me preocupa a ascensão de candidatos radicais nesse ambiente de ódio, pois não é raro eles se tornarem piores do que a elite governante anterior. Já pesou no estrago de ter uma elite governante pior do que o PT?

      Excluir
  4. Apagou meu comentário, mas corrigiu os erros de português que eu apontei no post, não é? Vc realmente faz jus ao apelido CALHORDA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim corrigi os erros apontados e agradeço pela observação.
      Apaguei seu último comentário pois achei demasiadamente ofensivo, mas não devia ter feito isso, peço desculpas.

      Excluir
  5. Bolsonaro homofóbico? Isso é uma MENTIRA inventada pela esquerda. Mas não precisa acreditar em mim. Procure no Facebook as páginas do Smith Hays e da Karol Eller, dois homossexuais, o primeiro gay e a segunda lésbica, que apóiam ABERTAMENTE o Bolsonaro e desmentem essa história de homofobia. Quanto ao Bolsonaro querer dar golpe militar, isso é completamente absurdo considerando que ele é pré-candidato à Presidência da República, o que pressupõe uma eleição democrática. O regime militar ocorreu num contexto completamente distinto do que temos hoje, os comunistas estavam a ponto de tomar o poder, e você tem noção do que é uma ditadura socialista? Em Cuba foram fuziladas 17.000 pessoas, num país cuja população é 20x menor que a do Brasil. Enquanto isso, a própria esquerda admite que o número total, entre mortos e desaparecidos nos 21 anos de regime militar no Brasil, foi menos de 450 pessoas. Para você ter noção em termos atuais do que a esquerda está fazendo com nosso país, a cada três dias morrem mais de 450 pessoas, considerando o índice atual de 60.000 homicídios/ano. Se informe melhor sobre o que você está defendendo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anom, obrigado pelo comentário e pela educação.
      Em relação ao socialismo acredito que temos um 'inimigo' em comum, e recentemente comecei a estudar mais as refutações de alguns autores e gostei muito das idéias do Ludwig Von Mises, o que tem me levado a gostar dos temas que propõem uma redução do estado e o combate ao establishment. Um artigo que eu li e gostei bastante é esse aqui: http://www.mises.org.br/Article.aspx?id=2309

      E sobre o Bolsonaro eu realmente tenho grandes ressalvas pelo comportamento extremista dele, enxergo claramente o tipo de pessoa que faria qualquer coisa para impor as verdades dele a toda população.
      No momento a minha tese se baseia a ficar distante das extremidades, nada de anarco-capitalismo, nada ditaduras socialistas ou militares.

      Excluir
  6. Mandou mal nessa, surfista.
    Sinto que seu texto está recheado de clichês e lugares comum, com interpretações de manada quando diz que Bolsonaro é homofóbico e racista e que Marco Feliciano prega a cura gay. Todas essas afirmações são mentiras, pura e simplesmente mentiras. Acompanho o seu blog e creio que tais definições, dadas por você, advém de um conhecimento superficial das personalidades citadas, construídas a partir de notas de rodapé de textos parciais subsídiados por meios duvidosos (imprensa chapa branca).
    Como sei que você é inteligente e te respeito por isso, te convido a se informar melhor sobre Bolsonaro, Marco Feliciano e também Malafaia - que possui o direito de professar sua fé e de ter sua opínião.
    Apenas reflita de onde tem partido a opressão ultimamente. Dos cristãos ou das chamadas minorias politicamente ativas? Quem quer ganhar tudo no grito? De onde parte a histeria coletiva que joga toda opinião contrária na vala comum do "machismo", "fascismo", "racismos" e outros "ismos", que servem, no máximo, para se furtar ao debate.
    Em fim, se você se despir do seu pré-conceito, verá que sua opinião é fruto de mentiras deliberadas, assassinato de reputações tipicas da esquerda - essa sim calhorda.
    Renato M

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Renato, devo confessar que a muito apaguei qualquer fala, entrevista ou noticia dos senhores citados no texto da minha vida, de verdade se coloco em um canal que o Bolsonaro está falando faço questão de trocar de canal na mesma hora. E posso garantir que as minhas impressões se formaram ao escutar o discurso proferido diretamente por eles, escutei o áudio onde os próprios disseminavam suas ideologias e não me pareceu coerente apoiar essas ideologias. Tenho muitas ressalvas sobre qualquer ideia radical e minha percepção atual é que os senhores radicais flertam com idéias que podem levar ao apresso da nossa liberdade. Porém o ambiente que está se formando realmente começa a apresentar chances de que ele assuma o posto maior do poder executivo, se isso acontecer eu vou torcer para que eu esteja muito enganado e que a história seja diferente no Brasil.

      Excluir
    2. O convite está mantido. Há muita mentira e descontextualizações deliberadas não so em torno do Bolsonaro, como tb do Feliciano e Malafaia. Não pretendo te convencer disso nessa simples resposta, portanto apenas peço que pense na possibilidade de ter sido enganado. Sim, o termo é esse: enganado.
      Procure textos, videos e reportagens na integra, não edições caluniosas.
      Não sou evangélico (sou ateu) e tampouco sou intervencionista (preso pelo Estado Democratico), mas pra mim está nítido que, cada vez mais, dado o marxismo ideológico, fruto do gramscismo, os que se dizem oprimidos são justamente os que mais oprimem. Tem crime pior do que ser Cristão hj em dia? Ser homem hetero e branco de classe média? Esse crime só é tolerado caso você professe o discurso aprovado pela ditadura dos ofendidos (como infelizmente fez no post).
      Em fim, não falemos em grupos, classes, gêneros, raças... Falemos dos individuos! Lutemos pelas garantias e liberdades individuais, assim o todo será preservado.
      Renato M

      Excluir
    3. Pois é Renato, com toda certeza a minha visão em relação aos políticos citados no post é muito embasada em juízo de valor, mas acho que isso é um retrato da vida, são raras as vezes que podemos tomar um decisão complexa dominando todas as variáveis que envolvem o processo decisório.
      É como numa discussão sobre 'política', futebol ou religião sempre temos um teor de subjetividade e a influência das nossas crenças, pois bem vamos ter que seguir nossos caminhos, pelo menos por hora, com poucas chances de sermos tão persuasivos a ponto de promover alterações em crenças a muito estabelecidas...
      Enfim é isso que eu espero do meu país, visões diferentes, crenças diferentes, necessidades diferentes sendo discutidas com um bom nível de educação e sem ódio... Agora para finalizar de verdade, também espero uma carga tributária menor, menos corrupção, um estado menos intervencionista, menos protecionista e a troca do atual governo... Nessas expectativas finais acho que temos grandes chances de ter visões parecidas, mas vamos continuar divergindo na escolha do meio para materializar essas expectativas.
      Agradeço muito o tempo dedicado para comentar o post.

      Excluir
  7. Surfista, aqui no Brasil recebemos doutrinação marxista desde o berço, e isso deforma a nossa percepção sobre o que é certo e errado. Só estudando pra sair disso. Por exemplo: eles fazem um discurso para que o ouvinte acredite que vive num mundo cheio de liberdades porque pode falar mal do governo sem ser perseguido. Aí te pergunto meu caro, o que adianta ter liberdade pra falar, se não temos liberdade pra viver? Não temos nenhuma segurança, a criminalidade está em níveis calamitosos, e tudo isso com o aval do PT que não hesita em passar a mão na cabeça de bandido. E a conversa de assegurar "DIREITOS SOCIAIS"? Funciona assim: o Estado te assalta, com o dinheiro cria órgão fiscalizador, cria justiça especializada, sustenta uma penca de servidores, tudo isso pra dizer que está assegurando "direitos sociais", daí quando você precisa, o negócio não funciona. Ou vai dizer que o serviço prestado pelo Estado é muito bom aqui no Brasil? Me desculpe, não consigo enxergar NADA de bom nisso, pelo contrário. O PT é o câncer do Brasil. O fato de podemos criticar o governo é bom, eu reconheço, mas não é suficiente. Também não acredito que o Bolsonaro fosse acabar com a liberdade de crítica como você diz. Por favor, procure aprender um pouco com Olavo de Carvalho, ele me ajudou muito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anom concordo muito com seu discurso e acho que o ponto central é a mudança/diminuição da máquina burocrática do Estado.
      Já temos todos os órgãos regulatórios criados, temos uma baita burocracia para tudo, temos uma complexidade fiscal tremenda e uma sufocante lei trabalhista, concordo que o PT precisa sair do governo e de maneira urgente, com a ressalva de 'mitigar' o risco de não arrumar um problema ainda maior após uma transição mal conduzida.
      Você acha que o político que você defende vai entrar e reformar essa máquina... Eu particularmente penso que o grupo de políticos que citei no meu post iria atuar para ampliar os poderes do estado, na contramão da liberdade.
      Quando falo de liberdade inclusive me refiro a liberdade de ter uma carga tributária menor, onde eu possa decidir onde quero colocar meu dinheiro, falo de liberdade das leis trabalhistas atuais que expurgam pequenos empresários do jogo, enfim não me agrada um estado gigantesco com um monte de programas sociais com dinheiro fugindo pela ladrão, com um nível absurdo de intervencionismo...
      Talvez estamos defendendo um objetivo comum, mas discordamos dos meios que podem levar o país a esse objetivo.

      Excluir
    2. Se você pensar bem, todo esse intervencionismo regulatório defendido pela esquerda não assegura direitos, mas deixa as pessoas a mercê de serem perseguidas pelo Estado. São leis e regulamentos em um volume tão complexo e monstruoso que é praticamente impossível que uma pessoa cumpra tudo nos termos determinados. Cada indivíduo teria que contratar um contador e um advogado, pelo menos, só pra gerenciar aspectos mais básicos de sua vida. Essas falhas acabam não vindo a tona porque é impossível que o Estado fiscalize tudo. Agora, imagina se aparece um motivo qualquer para o Estado querer perseguir a pessoa? Basta fazer um pente fino e pronto, vai encontrar furos, e perseguir a pessoa "dentro da lei". Todo esse excesso de leis e "direitos" é pensado justamente pra deixar o cidadão refém do Estado. É uma ditadura velada.

      Excluir

“Em tempos de embustes universais, dizer a verdade se torna um ato revolucionário.”
George Orwell

All Rights Reserved by Ele não surfa nada! © 2014 - 2015
Share by GFXFree.Net

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.