Patrimônio Financeiro Novembro/2021 (R$ 610.661,36) ou -1,27%

 


Já são 2 anos sem evolução, teste de resiliência mais longo até o momento desde criação da minha carteira. 

O principal problema é que eu também perdi a regularidade nos aportes, e para o próximo ano a meta vai continuar sendo não utilizar o patrimônio acumulado, será mais um ano na defensiva.

A expectativa é que os negócios imobiliários destravem em 2022... Vou terminar 2021 sem nenhuma transação.

Não tem muita alternativa, o foco para 2021 será modesto:
  • Manter o orçamento doméstico controlado;
  • Reforçar o colchão de segurança (vou utilizar para as despesas de início do ano);
  • Retomar os negócios imobiliários (preciso vender alguma coisa).
 
Segue a planilha de cotas, quase completando 8 anos:
 



Patrimônio Financeiro Novembro/2021 (R$ 610.661,36) ou -1,27% Patrimônio Financeiro Novembro/2021 (R$ 610.661,36) ou -1,27% Reviewed by Surfista Calhorda on 8:21 AM Rating: 5

12 comentários:

  1. "Já são 2 anos sem evolução," vamos olhar pelo lado positivo, provavelmente os ativos nunca estiveram tão baratos, hahahaha

    brincadeiras a parte, o jeito é seguir com paciência

    abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O lado bom que eu enxergo é que não precisei vender nada neste período, mas com toda certeza estaria melhor se tivesse mantido a regularidade dos aportes.
      A meta é conseguir aportar algo em 2022, pois deve ser mais um ano com a bolsa andando de lado.

      Excluir
  2. Respostas
    1. Longa história... Mas o principal motivo é a construção de um imóvel mais confortável, gastos com a compra do terreno e a construção. Definitivamente não foi o melhor 'time' para incrementar o padrão de conforto da família.
      O que me anima é que posso reverter a empreitada em investimento a depender da minha saúde financeira no próximo ano. O bom de construir é que geralmente o valor para o terreno e a construção são menores que o valor de mercado do imóvel pronto, se eu decidir vender acho que consigo uns 35% de rendimentos em cima do valor investido.

      Excluir
    2. É chato os blogs estarem em extinção, eu tenho uma excelente experiência com a construção para compartilhar, mas não tenho ânimo de escrever um post.

      Excluir
    3. Seria muito bacana ler sobre sua experiência com a construção.

      É o tipo de conteúdo que é difícil encontrar na internet sobre a realidade do que se enfrenta na obra.

      Abraços,
      Pi

      Excluir
    4. Senhores, eu tenho bastante a compartilhar, sobre custo Brasil oculto (ou nem tanto), estratégias para comprar material, como mitigar o risco de contratar um responsável técnico pilantra (engenheiro ou arquiteto), como mitigar o risco com os profissional que vão executar a obra.

      De verdade o que mais me impressionou é sensação de impunidade de fiscais de obra, fiscais do meio ambiente e todo conluio que eles tem com os responsáveis técnicos que jogam o mesmo jogo e devem morder um pedacinho também.

      Enfim, vou reunir inspiração, quem sabe um dia desses compartilho mais detalhe aqui no blog.

      Excluir
  3. Escreve ai que tem gente para ler, Surfista!

    Quanto ao momento que estamos, escrever no blog tem me forçado a manter algum controle e organização e ler os fechamentos sempre me dá a sensação que não estou só na corrida aahahaha

    obrigado por compartilhar com a gente

    P.I.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De verdade no meu círculo social, acho que ninguém resistiu aos dois últimos anos, as vezes da sensação de estar sozinho mesmo, mas sigo na luta.

      Excluir
  4. Salve surfista, tem milhares de pessoas que lêem seu blog mas não comentam, saiba que vc me serviu de inspiração e até hj atualizo minha planilha copiado de ti, só que anualmente e não estou divulgando na blogosfera.

    Obrigado por compartilhar vossa experiência.

    Forte abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu GM. De verdade chega uma hora que não tem muito mais o que aprender na estratégia que eu sigo de investimentos defensivos. De vez em quando olho o lucro e o endividamento de uma empresa ou outra, mas sendo bem honesto, até as empresas que ficaram ruins eu nem faço nenhum movimento, estava pensando isso sobre a COGN3, já foi uma das boas da minha carteira, hoje tá esquecida na quarentena.

      Excluir

“Em tempos de embustes universais, dizer a verdade se torna um ato revolucionário.”
George Orwell

Tecnologia do Blogger.