Stop Loss e o Estagiário

https://forextrader.live/2016/02/25/stop-loss-hunting/

Eu costumo conversar um pouco com o pessoal mais novo que trabalha comigo sobre investimentos, sempre bato na tecla que eles não precisam abdicar do presente e que dá para construir o patrimônio no longo prazo gozando do presente de maneira plena. Com um pouco de planejamento e com aportes mensais que não vão impedir as baladas, as viagens e os demais prazeres que devemos viver.

São poucos os que entendem a mensagem simples, alguns cagam para a baboseira de fazer uma poupança na bolsa e outros ficam interessados e vão buscar informações nos lugares errados, o que gera uma atração inevitável para o canto da sereia, ou seja, os ganhos fáceis com renda variável.

Hoje uma dessas pessoas que eu conversei sobre investimentos quis me impressionar, com o cenário sangrento da bolsa, o destemido recém conhecedor do mundo de investimentos me questionou se algum stop loss meu tinha sido acionado.

Minha resposta foi simples, eu não preciso me proteger das quedas do mercado no curto prazo, se os fundamentos da empresa continuam bons, mantenho meu planejamento de aportes, nem mais com a bolsa caindo, nem menos com a bolsa subindo, aporto todo mês a quantia planejada na categoria de ativo que está mais longe do objetivo e no ativo desta categoria que está na mesma situação.

A contra argumento veio com um impeto impressionante e a galope a constatação que eu estava fazendo tudo errado e não otimizava meu patrimônio para ganhar mais na oscilação do mercado. Tive que refletir por alguns segundos para tentar dar uma resposta convincente e que eu não me complicasse, afinal não sou nenhum grande conhecedor das estratégias para especular ou se proteger de oscilações descoladas dos fundamentos.

Sigam-me os bons! Na hora veio na minha cabeça a frase que eu li em algum lugar, sobre o Warren Buffett não utilizar stop loss e nenhum tipo de hedge para o curto prazo com derivativos, e perguntei com perspicácia ao jovem, se ele já tinha lido que o Warren Buffett utilizava stop loss.

Na hora o jovem especialista em investimentos não soube responder e decidiu ir pesquisar, voltou um pouco desolado, minutos depois, ao descobrir em algum lugar que os grandes investidores, os senhores de cabelo branco, realmente não utilizam stop loss e também a maioria deles evitam fazer seguros para oscilações do mercado no curto prazo, afinal um seguro custa dinheiro.

Moral da história, não faça o que o malacabado do You Tube está mandando você fazer, se o cara fosse tão bom para ganhar dinheiro com 'trade' ele não tava gastando tempo produzindo e editando vídeo para compartilhar o conhecimento vencedor dele no You Tube. Siga os bons, os senhores de cabelo branco que são referência no mercado de capitais.

Será que em 2008, no auge da crise o Buffett saiu vendendo suas ações para se proteger das quedas? Ou será que ele comprou mais ações com uma boa margem de segurança?
Stop Loss e o Estagiário Stop Loss e o Estagiário Reviewed by Surfista Calhorda on 10:15 PM Rating: 5

12 comentários:

  1. Disse tudo. O que mais surgiu de 2018 pra cá foram youtubers fodásticos que sabem tudo do mundo de investimentos, mas que, incrivelmente, vivem de renda proveniente dos cursos que vendem...................
    Não estou aqui "tacando pedra para todos os lados". Tem mesmo umas pessoas sérias que, apesar de estarem defendendo seu dinheiro, realmente estão prestando algum tipo de educação financeira...

    A maioria, no entanto, sabe tanto quanto nós, investidores amadores, ou até menos, mas juram saber o segredo do sucesso...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anom realmente tem caras bons, mas esses demoram para chamar atenção, as promessas de lucro fácil de enriquecimento rápido sempre chamam mais atenção no primeiro momento.

      Excluir
  2. Olá Surfista!
    A gente até tenta, mas o monótono b&h não é páreo para o último setup da moda... rsrs
    Excelente post!
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  3. Olha, eu tô no buy and hold desde 2008.E é chato pra caramba...

    Então esse ano eu me dei o luxo de separar 1% do meu capital só pra brincar de trader. Tá sendo bom. Comecei em janeiro e nunca aumentei a quantidade (pelo contrário, eu salvo o lucro em outras aplicações).

    É bom. Você continua fazendo o investimento sério e brinca com aqueles 1% rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anom parabéns por já ter ido tão longe, e longe de mim julgar sua busca por emoção e diversão, porém quando eu chegar no seu nível não pretendo investir meu tempo com trade, acho que vou tentar outras atividades para manter a vida movimentada.

      Excluir
    2. Você já passou do meu nível rs.

      Eu comecei há muito tempo nisso, mas comecei do zero. Agora é que meu dinheiro tá crescendo. O início da subida é muito difícil.

      Enfim, essa emoção que busco em trades é só pra brincar msm. Olho o HB, se tiver algo, lanço a ordem e pronto. Executando já coloco os stop loss/gain. Não fico olhando o mercado. E se não sentir vontade de comprar nada, tb não compro. Como é no máximo 1%, se ganhar demais não faz diferença. Se perder, tb não. Então não fico desesperado, não perco o sono, não atrapalha o trabalho etc. É só aquele dinheiro da fezinha no jogo mesmo. É como jogar na Mega-Sena ou separar uns 50/mês pra colocar em título de capitalização pensando no sorteio... Enfim, não é investimento. É jogo rs

      Excluir
    3. Boa e parabéns pelo controle hahah Eu tenho medo de fazer esse tipo de coisa e me empolgar, gosto de um joguinho viu... Como eu já escutei uma vez em algum vídeo do Bastter, a pior operação é a operação errada que dá certo. Minha falta de inteligência emocional não permite que eu tenha este tipo de exposição.
      Valeu pelo comentário.

      Excluir
  4. Hoje em dia há a gourmetização de tudo, graças pricipalmente a internet, e nessa esteira há também a gourmetização de investimentos e coachs de tudo e pra tudo.

    Quem ganha pouco, aporta pouco dificilmente alcançará a IF a não ser que faça praticamente tudo certo nos momentos certos e aliado a isso seja disciplinado e frugal, é uma combinação de fatores, esolhas e comportamentos.
    Não é simples, muito menos rápido e digo isso com conhecimento de causa, pois esse é o meu perfil.
    Sempre fui muito medroso quanto a invesimentos, tinha pouco conhecimento e a partir de 2012 mais ou menos comecei a pesquisar mais sobre o assunto, na época a RF rendia bem e passei a colocar a meu dinheiro em LCI, conservador, mas com razoável rendimento.
    A RF declinou, e nos ultimos anos passei a tentar algo mais agressivo, até porque a idade vai chegando, resultado ganhei, perdi e estou tentando me recuperar um pouco, estou ainda relativamente distante da IF, não considero que esteja mal para uma brasileiro assalariado comum, mas não tenho o patrimônio que gostaria ter com a minha idade.
    Já lí e você já deve ter lido sobre a importância do aporte.
    A importância do aporte por sí só já mata boa parte dessa lenga lenga sobre investimentos. Há muita masturbação mental sobre isso.
    Não é fácil atingir a IF partido do 0 e ponto final.
    É disciplina, foco e um pouco de ousadia, afinal como disse RF não vai ajudar muito nesse caminho.
    Há risco de perdas, enrabadas financeiras? Sem súvidas há, mas fazer o que, as vezes é necessário arriscar. Mas é bom não ficar se entupindo desses conteúdos repetivod, caça views/likes e por vezes fantasiosos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito bom o comentário, realmente só de sobrar dinheiro para aportar nos faz privilegiados. Eu só não concordo que seja complexo seguir o caminho certo, ele é difícil, mas não é complexo. O lance é fazer poupança na RV e ter paciência, isso não é nada fácil por questões emocionais.
      Eu gosto muito de renda variável, minha exposição não é maior por causa da minha diversificação com os imóveis, mas acho que aquela história de aportar 300 reais por mês durante uns 20 anos da resultado sim, isso faz com que a galera que tem uma renda mais baixa consiga entrar no páreo também.

      Excluir
  5. Olá, Surfista.

    Quando eu comecei a ler sobre investimentos em RV via essas coisas de traders. Fica com medo disso. Depois de mais umas leituras conheci o B&H e comecei a investir de forma tranquila.

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gosto de investir tranquilão, sem gastar muito tempo com análises mais complexas, pois sobra tempo para outras coisas. B&H na veia.

      Excluir

“Em tempos de embustes universais, dizer a verdade se torna um ato revolucionário.”
George Orwell

Tecnologia do Blogger.