Operações de Venda Coberta em 2014

Pessoal este ano espero ter mais oportunidades para fazer  operações de venda coberta, sei que o assunto é polêmico, mas acho que a pratica é valida para dar aquele impulso de leve no patrimônio.

Em 2014 eu realizei 3 operações de venda coberta, todas elas com a Vale e apostando num strike bem lá na frente, visando diminuir a possibilidade de ser obrigado a vender minhas ações. Em todas tive sucesso?! Ou será que seria melhor ver a cotação valorizando até o strike?!

O resultado bruto foi de + R$ 159,63 e após os impostos sobraram na carteira R$ + R$ 135,69.

Que merreca! Realmente os números não são expressivos, mas as operações foram feitas com strike tão longe do preço da ação que as vezes até torcia para a ação valorizar para eu ser obrigado a vende-las, o que não veio a acontecer.



Como a cotação da Vale caiu bastante me vi obrigado a suspender minhas operações de venda coberta no 2o. semestre de 2014, pois defini que não lançaria opções caso o strike não tivesse no mínimo 10% acima do meu preço médio.

Para 2015 vou precisar aprimorar essa regra.
Ações adquiridas em 2014, é permitido lançar opções com strike superior a 20%.
Ações adquiridas em 2015, strike superior a 10%.

A base para calcular o strike permitido é o valor histórico real, ou seja o valor de compra menos os proventos recebidos.

Exemplo:
Possuo 900 ações da Vale adquiridas em 2014, com valor histórico real de R$ 23,91, portanto para essas 900 ações posso lançar opções com strike superior a R$ 28,70.

Possuo 200 ações da Vale adquiridas em 2015, com valor histórico real de R$ 19,50, portanto para essas 200 ações posso lançar opções com strike superior a R$ 21,45.

Simples assim, para não correr o risco de vender ações antigas e tomar fumo, vou definir a faixa de strike adicionando 10% ao ano sobre o preço histórico real.

Será que vou conseguir fazer venda coberta no futuro com ações que estão a 5 anos na carteira? Vou rodar o modelo nos próximos anos para ver no que dá.

Primeira operação de 2015
Agora no começo do ano já coloquei em prática o método, comprei ações do BB na casa dos R$ 22 e consegui vender 200 opções de compra na série B26 com strike de 25,36, embolsando um prêmio líquido de R$ 0,50 por ação.
Se a cotação da ação não atingir o strike, vou otimizar o encarteiramento da ação com R$ 100,00, pois vou esperar até o vencimento das opções para ver no que dá.
Caso a cotação chegue no strike, vou ser obrigado a vender as ações do BB e meu lucro bruto por ação será de R$ 3,72, conforme racional abaixo

¹PC(R$ 22,14) - ²PV(R$25,36) =  R$ 3,22, somando o prêmio líq. de R$ 0,50 chegamos a R$ 3,72.
       ¹PC = Preço de Compra e ²PV = Preço de Venda

Portanto, meu lucro líquido será de aprox. R$ 618,80, após descontar corretagem e imposto de renda de 15%.
       Importante lembrar que pago IR sobre o lucro da venda das ações nesse caso também, para esse tipo de operação não  tem a colher de chá de venda até 20k.

Na opção que não sou obrigado a vender as ações o lucro é de eu otimizo o encarteiramento em R$ 100,00, ou 2,25% de desconto na compra das ações.
Vendendo as ações o lucro chega a R$ 618,80, ou +13,97%.

Ai que está o dilema, torço para a cotação não subir e preservar minhas ações ou torço para a cotação subir e já embolsar 13% de lucro em apenas 1 mês?

Vamos ver qual será o resultado de 2015, como fiz míseros R$ 135,69 em 2014, espero fazer pelo menos umas 500 pratas em 2015 com as operações de venda coberta.
Operações de Venda Coberta em 2014 Operações de Venda Coberta em 2014 Reviewed by Unknown on 8:03 PM Rating: 5

11 comentários:

  1. Fala Surfista!

    Só os calculos do lucro quando vc nao vende as ações que precisa ser repensado.
    Pois vc esta contando apenas o prêmio das opções e esquecendo o valor da cotação das ações. Sendo assim não dá para dizer que o lucro foi 100,0.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bem verdade Insano, eu não tenho lucro, só otimizo o encarteiramento do papel. Vou até ajustar o post. Obrigado pelo comentário.

      Excluir
  2. Cara, seu post foi post foi simples e didático. Muito bom!!

    Durante muito tempo evitei as opções para não cair em tentação, mas com postagens como a sua começo a ficar com vontade de ganhar um troquinho a mais...


    Abraços,

    Carioca

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que consegui ajudar, mas estude bastante antes de começar a colocar dinheiro nessas operações.
      Eu fiquei ensaiando 4 meses antes de começar e no ano passado fiz somente duas operações.
      Nunca se esqueça das duas regras do Warren Buffett:
      Regra n.º 1 para os investimentos: Nunca perder dinheiro.
      Regra n.º 2 para os investimentos: Nunca esquecer da regra n.º 1.

      Excluir
  3. Quais livros você leu para aprender a vender a opções?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu li o 'Mercado Financeiro', autor Eduardo Fortuna para entender o que era uma opção, depois li um livro do Bastter 'Nunca foi tão fácil fazer venda coberta' e consultei bastante sites específicos na internet.

      Excluir
    2. Bacana, acredito que vender as opções bem longe do preço atual pode diminuir em muito a chance de ser exercido.

      Excluir
  4. Investidor, bom dia!
    Tenho seu blog cadastrado na minha lista de blogs favoritos e acompanho suas postagens com frequência.
    Estou fazendo uma pesquisa das ações, FIIs e modalidades de renda fixa mais promissoras para os próximos 4 anos. Você poderia participar?
    Se sim, basta responder este post listando as 5 ações preferidas, 5 FIIs preferidos e a modalidade de renda fixa preferida.
    Grato,
    Uó!
    http://blogdouo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. RV
      ABEV3
      GRND3
      VALE5
      ITUB3
      CMIG3

      FII
      RNGO11

      RF
      Tesouro Direto NTNB-Princ

      Excluir

“Em tempos de embustes universais, dizer a verdade se torna um ato revolucionário.”
George Orwell

Tecnologia do Blogger.